top of page

20 de novembro - Dia da consciência negra



A escolha dessa data não foi por acaso: em 20 de novembro de 1695, Zumbi - líder do Quilombo dos Palmares - foi morto em uma emboscada na Serra Dois Irmãos, em Pernambuco, após liderar uma resistência que culminou com o início da destruição do Quilombo dos Palmares.



A Diversidade Cultural e Racial à Luz da Fé:



Ao celebrarmos a diversidade cultural e racial, reconhecemos a beleza da criação de Deus e Sua intenção de que vivamos em unidade, respeitando e valorizando uns aos outros. Cristo é o centro dessa unidade, sendo Ele a ponte que conecta todas as pessoas, independente de suas origens.


Cristo como Ponte para a Unidade:


A mensagem central do Evangelho é de amor, redenção e reconciliação. Jesus Cristo é a personificação dessa mensagem, convidando a todos, independentemente de sua raça ou origem, a se aproximarem dEle. Em Efésios 2:14, somos lembrados de que Cristo é a nossa paz, "pois de ambos os povos fez um só e destruiu a barreira, o muro de inimizade."



Como cristãos, temos o privilégio e a responsabilidade de espelhar essa unidade em nossas vidas e comunidades. Celebrar a Consciência Negra é, portanto, uma oportunidade de reafirmar nosso compromisso com a justiça, igualdade e amor ao próximo, seguindo os ensinamentos de Cristo.


Ao celebrarmos o Dia da Consciência Negra, não apenas reconhecemos a riqueza da herança afro-brasileira, mas também reafirmamos nosso compromisso como cristãos na busca pela justiça e igualdade. Que possamos enxergar em Cristo o exemplo máximo de unidade, amando e respeitando uns aos outros como Ele nos amou em pela grande sabedoria divina, toda a humanidade é criada à Sua imagem e semelhança.


Que a celebração desta data nos inspire a ser agentes de transformação em nossa sociedade, refletindo o amor divino em todas as nossas ações.


Há diferentes manifestações culturais, como a dança e a música que a cultura africana trouxe para nós, vou destacar no momento a culinária.


No Nordeste a marca africana é profunda, sobretudo na Bahia, em pratos como vatapá, caruru, efó, acarajé e bobó, com largo uso de azeite-de-dendê, leite de coco e pimenta. São ainda dessa região a carne-de-sol, o feijão-de-corda, o arroz-de-cuxá, as frigideiras de peixe e a carne-seca com abóbora, sempre acompanhados de muita farinha de mandioca. A feijoada carioca, de origem negra, é o mais tipicamente brasileiro dos pratos.


Feijoada carioca

Ingredientes (8 porções)

· 1/2 kg de feijão preto de boa qualidade

· 1/2 kg de carne seca de boa qualidade (com pouca gordura e muita carne)

· 1/2 kg de lombo salgado

· 1/2 kg de costela salgada

· 1/2 kg de bacon de boa qualidade (com pouca gordura e muita carne)

· 4 linguiças calabresas defumadas

· 4 cebolas grandes picadas bem pequenas

· 6 cabeças de alho triturados ou socados bem pequenos

Farofa

· 2 linguiças calabresas defumadas cortadas bem pequenas

· 1/2 kg de farinha de mandioca branca

· alho picado e sal à gosto

Couve

· 2 moles de couve cortada bem fininha

· 2 cabeças de alho

Molho vinagrete

· 2 cebolas grandes cortadas bem pequena

· 2 tomates grandes cortados pequenos

· 2 pimentões

· 2 moles de salsinha cortado pequeno

· 250 ml de suco de limão (1 copo de requeijão)

· 250 ml de azeite de oliva

· 100 ml de vinagre

· Sal a gosto


Modo de preparo : 40min


Escolha e lave o feijão, coloque de molho por no mínimo 1 hora antes de cozinhar.

Lave o feijão e cozinhe com água até a marca da panela, por 20 minutos.

Escalde bem os salgados até retirar o excesso de sal.

Abra a panela, coloque os salgados e deixe cozinhar por mais 20 minutos.

Apague o fogo e reserve.

Refogue no azeite o alho e a cebola, tempere o feijão com sal a gosto.

Farofa

Frite a linguiça em óleo de soja.

Tempere com alho e sal batido

Acrescente a farinha.

Misture bem e apague o fogo

Couve

Frite o alho no azeite, quando estiver bem douradinho jogue a couve, refogue com sal a gosto e apague o fogo.

Molho vinagrete

Misture a cebola, o tomate, o pimentão, a salsinha, o suco de limão, o azeite, o vinagre e sal a gosto.

Sirva com arroz branco e laranjas.





Kommentare

Mit 0 von 5 Sternen bewertet.
Noch keine Ratings

Rating hinzufügen
bottom of page