top of page

A Fé que Agrada a Deus


A fé é um elemento central na jornada espiritual cristã, e entender o tipo de fé que agrada a Deus é crucial.


Vamos explorar esse conceito à luz das Escrituras, buscando insights que inspirem e fortaleçam nossa jornada de fé.


A Bíblia ensina que a fé é um dom de Deus e que é através do Espírito Santo que somos capacitados a crer. Vamos explorar algumas passagens que abordam esse conceito:


Efésios 2:8-9:


"Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie."


Essa passagem destaca que a fé pela qual somos salvos é um dom de Deus, não algo que conquistamos por nossos próprios méritos.


Romanos 12:3:


"Porque, pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não tenha de si mesmo mais alto conceito do que convém; mas, ao contrário, tenha um conceito equilibrado, de acordo com a medida da fé que Deus lhe concedeu."

Aqui, Paulo menciona a "medida da fé que Deus concedeu", indicando que a fé é algo dado por Deus em proporções específicas a cada crente.


Gálatas 5:22-23:


"Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, paciência, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, autocontrole; contra essas coisas não há lei."


A fé é listada como um fruto do Espírito Santo. Isso implica que é o Espírito que opera em nós para desenvolver e fortalecer a nossa fé.


Definindo a Fé que Agrada a Deus:


Hebreus 11:6: "Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam."


A fé que agrada a Deus não é apenas uma crença intelectual na existência divina, mas também uma confiança ativa na bondade e nas promessas de Deus.


Exemplos Bíblicos de Fé agradável a Deus:


Abraão - Gênesis 15:6:


"Ele creu no Senhor, e isso lhe foi imputado para justiça."


Abraão é frequentemente chamado de "pai da fé" por sua disposição em confiar nas promessas de Deus, mesmo quando pareciam impossíveis. Sua fé foi contada como justiça, tornando-o um exemplo marcante de confiança que agradou a Deus.


Moisés - Êxodo 14:13-14:


"Moisés respondeu ao povo: 'Não tenham medo. Fiquem firmes e vejam o livramento que o Senhor lhes trará hoje, porque vocês nunca mais verão os egípcios que hoje estão vendo. O Senhor lutará por vocês; tão somente acalmem-se.'"


A fé de Moisés foi evidenciada quando, diante do Mar Vermelho, ele encorajou o povo a confiar no livramento de Deus. Ele demonstrou confiança na promessa divina, mesmo diante de uma situação aparentemente sem saída.


Daniel - Daniel 6:23:


"Então, o rei ficou radiante e ordenou que tirassem Daniel da cova. Quando Daniel foi retirado da cova, não se achou nele nenhum ferimento, porque tinha confiado no seu Deus."


Daniel, diante da ameaça da cova dos leões por permanecer fiel a Deus, demonstrou uma fé inabalável. Sua confiança resultou na preservação milagrosa de sua vida, ilustrando como a fé que agrada a Deus pode transcender circunstâncias adversas.


Elementos da Fé que Agrada a Deus:

  • Confiança Inabalável: A fé que agrada a Deus é marcada por uma confiança inabalável em Sua soberania e fidelidade.

  • Obediência Ativa: A verdadeira fé se manifesta em obediência ativa aos princípios e comandos divinos.

  • Perseverança: A jornada de fé é muitas vezes marcada por desafios, mas uma fé agradável a Deus persevera mesmo diante das adversidades.

O Papel da Busca Constante:


Hebreus 11:6: "...é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que o buscam."


A busca constante por Deus é uma expressão vital da fé. A fé que agrada a Deus não é estática, mas busca continuamente conhecê-Lo mais profundamente.


Fé e Relacionamento Pessoal:


Mateus 9:22: "Jesus, voltando-se e vendo-a, disse: Tem ânimo, filha, a tua fé te salvou. E imediatamente a mulher ficou sã."


A fé que agrada a Deus é pessoal e envolve um relacionamento íntimo com Ele.


Confiando nas Promessas de Deus:


2 Pedro 1:4: "Pelas quais ele nos tem dado grandíssimas e preciosas promessas, para que por elas fiqueis participantes da natureza divina..."


A fé agradável a Deus confia nas promessas divinas, reconhecendo que são fontes de poder e transformação, é mais do que uma afirmação intelectual; é uma confiança viva e ativa na Pessoa e nas promessas de Deus. Ao estudarmos exemplos bíblicos e os princípios fundamentais da fé, somos desafiados a cultivar uma fé que não apenas agrada a Deus, mas também transforma nossas vidas e a daqueles ao nosso redor.


Vamos orar?


Senhor que possamos prosseguir na jornada de fé, buscando constantemente agradar a Ti, nosso Deus, em quem depositamos nossa confiança. Em nome de Jesus. Amém




bottom of page