top of page

Amor e paixão


Uma pessoa apaixonada, tem reações físicas muito fortes.

Quando a pessoa está perto do alvo de sua paixão, alguns sinais aparecem como sudorese, aumento da pressão arterial, dando sensação de palpitações, fogo no peito, pupila dilatada, isto tudo são reações químicas, produzidos por hormônios, não sou especialista, mas vou colocar alguns sites para pesquisa.

Na minha opinião, tudo isso seja uma forma natural do nosso corpo, instintiva de acasalamento, como outros animais possuem. O Senhor mesmo disse em sua Palavra "Mas vocês, sejam férteis e multipliquem-se; espalhem-se pela terra e proliferem nela". Gênesis 9:7. Como o Senhor é sábio! Para que este ensinamento seja cumprido, sentir desejo por um pretenso parceiro que pode vir a ser o pai ou mãe de seus filhos é muito melhor do que de alguém que você é indiferente!

Como seres racionais, temos autocontrole, ou deveríamos ter, para sabermos que um relacionamento movido somente pela atração física e todos os sentimentos prazerosos que sentimos um dia acaba, infelizmente.

Outro(s) sentimento(s) surge(m).

Que sentimento serão estes? Amor, ódio ou indiferença, são muitas alternativas.

Casamentos são desfeitos a todo momento, pois foram iniciados em um momento de paixão e depois quando a venda dos olhos foi tirada e os defeitos ficaram evidentes, os problemas começam.

Amar é uma decisão, eu ouvi isso em uma pregação há muitos anos e comecei a colocar esta verdade em prática, eu decidi amar o meu companheiro mesmo com os defeitos que ele tem.

Porém há valores inegociáveis em minha vida que eu não abro mão, então caso não haja acordo, seria inviável uma convivência, como falta de respeito e desonestidade por exemplo.

Graças a Deus que depois de 25 anos, continuamos dia a dia decidindo nos amar.

Antes de amá-lo eu me amo, mas eu não tenho o direito ou dever de mudar a outra pessoa, eu creio que o Senhor pode todas as coisas, então eu oro e entrego nas mãos dele e descanso e tem dado certo.

Então conhecer a pessoa que você pretende se casar, desvendar as várias camadas de sua personalidade é uma forma de minimizar os riscos de não dar certo.

Ser dependente emocionalmente de outra pessoa não é amor, querer estar perto é diferente, mas ficar paralisado quando o outro não está, não é saudável.

Há pessoas que não se encontram com amigas ou amigos, não vão à academia sem o outro estar junto, não tem um hobby... Isso atrapalha o relacionamento porque não se pode colocar no outro a responsabilidade de nossa felicidade, o certo é serem duas pessoas felizes e completas que resolveram formar uma vida juntas

Se um dos dois não consegue deixar o outro a ter um hobby ou sair com amigos por falta de confiança?

A confiança é um dos pilares do relacionamento, é um momento para investigar se é insegurança ou se há indícios reais para gerar esta desconfiança.

Ajuda de um profissional na área de psicologia, terapia de casais, aconselhamento com pastores são importantes para auxiliarem os casais a passarem pelas crises.

Quando há um amor saudável, o cérebro melhora sua atividade no campo da empatia e assim diminui o egocentrismo, e beneficia também ao processamento das emoções, a parceria, o contar com o outro traz tranquilidade e harmonia e um casal forte é imbatível. Apalavra do Senhor diz: Um homem sozinho pode ser vencido, mas dois conseguem defender-se. Um cordão de três dobras não se rompe com facilidade. Eclesiastes 4:12


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page