top of page

Foi na cruz - poema de Nena Fonseca



Nos momentos de escuridão profunda e densa,

A cruz se ergue como esperança imensa.

É o amor redentor, sangue derramado,

Fonte de vida, em nossos pecados afundado.

É a luz que brilha na noite mais escura,

A cruz de Cristo, nossa única cura.

Em seus braços, encontramos perdão,

Renovação para o coração.

É na cruz que o amor se revela completo,

Onde o Filho de Deus se fez nosso afeto.

É lá que o sacrifício foi consumado,

E a esperança da redenção foi firmada.

É o símbolo do amor que nos resgata,

Onde a graça de Deus se manifesta.

Por meio da cruz somos transformados,

E dos nossos pecados libertados.

Que possamos nos render a esse amor sem fim,

Que nos levou à cruz para um novo começo enfim.

Pois na cruz encontramos vida e redenção,

 O amor de Deus em sua plena expressão.



Gostou? Comente e compartilhe!


Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page