top of page

Nós somos capazes de ser o pior pesadelo do inimigo


Nós somos capazes de ser o pior pesadelo do inimigo. Acredito sinceramente que Satanás permite que suas estratégias se tornem conhecidas para que possamos reagir a elas. Ele gosta de estar no controle e está onde não estamos.


As reações resultam do medo, mas não precisamos esperar até que Jesus venha.


Somos um corpo de pessoas compradas pelo sangue, cheias do Espírito Santo e comissionadas por Deus para que tudo o que Ele falou venha a acontecer.


Quando planejamos de acordo com o plano do demônio, nos revestimos automaticamente da mentalidade errada.


As atitudes incorretas podem se tornar exatamente a fortaleza em nosso pensamento que convida o assalto legal do inferno.


Assim, nossos medos se transformam em profecias que se cumprem. "Pois aquilo que temia me sobreveio; o que receava me aconteceu." Jó 3:25.


Os segredos bíblicos da guerra espiritual são inevitáveis, e ignorar esse assunto não o fará desaparecer. Portanto, temos que aprender a batalhar com autoridade sobrenatural.


Os princípios a seguir são como percepções frequentemente ignoradas:


Quando o faraó deixou o povo sair, Deus não os guiou pela rota da Terra dos filisteus, embora fosse o caminho mais curto. Talvez, se enfrentassem a guerra, se arrependeriam e voltariam para o Egito. Deus é cuidadoso com o que podemos suportar em nosso estado atual. Ele nos leva para longe de qualquer guerra que possa nos fazer voltar e abandonar nosso chamado. A implicação é que Ele nos leva à batalha que estamos preparados para vencer.


O Refúgio na Obediência:


O lugar mais seguro nessa guerra é a obediência. Quando estamos no centro da vontade de Deus, enfrentamos apenas as situações para as quais estamos preparados para vencer.” Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar.”1 coríntios 10: 13


A Importância da Vontade de Deus:


É fora do centro da vontade de Deus que muitos cristãos caem, enfrentando pressões indevidas. A vontade do Senhor é o único lugar seguro para nós (Salmos 23:5).

Vencendo o Medo:

Deus não se intimida de forma alguma com as artimanhas do inimigo. De fato, Deus quer ter comunhão conosco bem diante dos olhos do demônio. A intimidade com o Pai é nossa melhor vestimenta. Jamais permita que algo o desvie desse ponto de força. Muitas pessoas ficam excessivamente focadas na batalha intensa para o próprio bem delas. Essa intensidade frequentemente envolve demonstrações de força humana, não da graça de Deus.


A Chave da Submissão:


Escolher a mentalidade da batalha intensa nos desvia da alegria e da intimidade com Deus. É um indício de que nos desviamos do nosso primeiro amor. A intimidade de Paulo com Deus o capacitou a afirmar enquanto estava em uma prisão romana infestada de demônios: "Alegrem-se sempre no Senhor; novamente direi, alegrem-se!" (Filipenses 4:4).


A Igreja Invencível


Sem de forma alguma deixar-se intimidar por aqueles que se opõem a vocês. Para eles, isso é sinal de destruição, mas para vocês, de salvação, e isso é parte de Deus (Filipenses 1:28). Quando nos recusamos a temer, o inimigo fica aterrorizado. Um coração confiante é sinal claro de sua destruição e de nossa vitória atual. Não tema jamais! Retorne às promessas de Deus, gaste tempo com pessoas de fé e busque encorajar os outros com os testemunhos do Senhor. Louve a Deus por quem Ele é até que o medo não mais bata à sua porta. Isso não é uma opção, pois o medo convida o inimigo a vir matar, roubar e destruir (Tiago 4:7).


A Delícia de Deus na Vitória:


A submissão é a chave para o triunfo pessoal. Nossa principal batalha na guerra espiritual não é contra o demônio, é contra a carne. Sujeitar-se a Deus coloca os recursos do céu à nossa disposição para uma vitória duradoura, concedendo o que já foi obtido no Calvário.


De Adoradores a Guerreiros:


Jesus disse: "Você é Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela" (Mateus 16:18). Não fomos deixados no planeta Terra para ficar escondidos à espera do retorno de Jesus. Estamos aqui como representantes militares da Sua igreja, atacando. É por isso que as portas do inferno, o local do governo e da força demoníaca, não podem vencer a igreja.


Transformando Mentalidades:


Deus faz proliferar o Seu povo, torna-o mais poderoso do que seus adversários e muda o coração do Faraó para que odeiem o Seu povo e tramem contra Seus servos. Primeiro, Deus nos torna fortes e depois estimula o ódio do demônio em relação a nós, não porque Ele quer criar problemas para Sua igreja, mas porque Ele gosta de ver o demônio derrotado por aqueles que são feitos à Sua imagem. Somos Sua autoridade delegada, e o deleite do Senhor é que façamos cumprir o triunfo de Jesus para executar a sentença escrita contra eles.

Isaías 42:11 e 30 nos diz: "Cante de alegria, ó povo de Sião! Grite pelos altos dos montes! O Senhor sairá como homem poderoso, como guerreiro despertará o Seu zelo com forte brado, e Seu grito de guerra triunfará sobre os Seus inimigos". Nosso ministério para Deus é um dos privilégios mais importantes em nossas vidas. Ele nos edifica e destrói os poderes do inferno. É surpreendente pensar que podemos louvar a Deus, e Sua paz pode encher nossa alma. Ele diz que somos poderosos homens de valor. Tudo o que fizemos foi adorá-Lo, e Ele destruiu os poderes do inferno por nós, concedendo-nos a vitória. Isso não representa uma lista completa, mas serve para mudar nossa perspectiva da guerra espiritual. Precisamos abandonar mentalidades religiosas e carnais.


Arrependa-se e mude sua forma de pensar. Verá como o Reino de Deus está bem ao nosso alcance. Nascemos em uma guerra. Não temos intervalos, férias ou licenças.


O local mais seguro é o centro da vontade de Deus. Ali, ele permite apenas batalhas que estamos preparados para vencer. Este é o lugar mais seguro e alegre para todos os cristãos. Fora da intimidade, corremos o risco de perder o maior espetáculo da Terra, que é a derrota de satanás!


Estudo baseado no livro: Quando o céu invade a Terra – Bill Johnson

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page