top of page

Valorize a vida


A CVV (CENTRO DE VALORIZAÇÃO A VIDA) preparou uma cartilha com orientações sobre o que deve ser feito diante de uma pessoa sob o risco de suicídio. O material completo está disponível no site cvv.org.br. Confira algumas dicas:– Encontre um momento apropriado e um lugar calmo para falar sobre suicídio – Deixe a pessoa saber que você está lá para ouvir. Ouça-a com a mente aberta e ofereça o seu apoio com calma e equilíbrio.

  • 1. Incentive a pessoa a procurar ajuda profissional - Assuma como um compromisso utilizar todas as suas habilidades para colocar essa pessoa na mão de um profissional de saúde, de preferência um especialista na área. Oito em cada dez pessoas que se suicidaram não tiveram contato com um psiquiatra, psicólogo ou psicanalista nos seis meses anteriores à morte. O ideal é acompanhar a pessoa, pelo menos, na primeira consulta.

  • 2. Se concluir que a pessoa está em perigo imediato, não a deixe sozinha. Procure ajuda de emergência, serviço telefônico de atendimento a crises, profissionais da área ou consulte familiares dela.

  • 3. Se a pessoa vive com você, assegure-se de que não terá acesso a meios ou ferramentas para atentar contra a própria vida (armas, pesticidas, cordas, objetos capazes de furar ou cortar e medicamentos).

  • 4. Permaneça em contato. Acompanhe o que a pessoa faz e como está.

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page