top of page

Estudo Bíblico: O Sermão da Montanha (Mateus 5-7)



O Sermão da Montanha, registrado nos capítulos 5, 6 e 7 do Evangelho de Mateus, é uma das passagens mais conhecidas e reverenciadas nas Escrituras. Este estudo bíblico visa explorar as profundezas deste sermão, destacando as mensagens transformadoras que Jesus proclamou enquanto estava no monte.

 

O Contexto do Sermão

 

O Sermão da Montanha ocorreu no início do ministério público de Jesus, quando Ele estava reunindo seguidores e proclamando o Reino de Deus. Subindo a uma montanha, Jesus ensinou sobre a verdadeira justiça, a natureza do discipulado e o caráter do Reino.

 

1. As Bem-Aventuranças (Mateus 5:3-12)

 

Jesus começa seu sermão com as bem-aventuranças, uma série de declarações que revelam as características abençoadas do verdadeiro discípulo. Cada bem-aventurança destaca uma qualidade espiritual que é valorizada no Reino de Deus, como a humildade, a mansidão, a fome e sede de justiça e a pureza de coração.


Mateus 5:3–12

Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o reino dos céus.

 Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.

 Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.

 Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.

 Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.

 Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus.

 Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.

 Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus.

 Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem, e mentindo, falarem todo mal contra vós por minha causa.

 Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós.

 

Pergunta para Reflexão: Como podemos viver as bem-aventuranças em nosso cotidiano, buscando as atitudes e virtudes que Jesus enfatizou?

 

2. Sal e Luz do Mundo (Mateus 5:13-16)

 

Jesus compara os discípulos a sal e luz, chamando-os para influenciar o mundo ao redor. Ele destaca a importância de viver vidas que reflitam a glória de Deus, sendo agentes de transformação e testemunhas do Reino.

 

Pergunta para Reflexão: Como podemos ser sal e luz em nossas comunidades e ambientes, compartilhando o amor e a verdade de Cristo?

 

3. O Cumprimento da Lei (Mateus 5:17-20)

 

Jesus esclarece que não veio abolir a Lei, mas cumpri-la. Ele aprofunda o significado da justiça, chamando Seus seguidores para uma justiça que ultrapasse a dos escribas e fariseus.

 

Pergunta para Reflexão: Como podemos buscar uma justiça que vai além das expectativas externas, refletindo o coração transformado por Deus?

 

4. O Ensino sobre a Ira e a Reconciliação (Mateus 5:21-26)

 

Jesus aborda não apenas as ações externas, mas também os sentimentos internos, como a raiva e o desprezo. Ele destaca a importância da reconciliação e da paz nas relações interpessoais.


Pergunta para Reflexão: 

Como podemos aplicar o princípio da reconciliação em nossas vidas, promovendo a paz em meio a conflitos?


5. Ensinamentos sobre a Oração, o Jejum e os Tesouros Celestiais (Mateus 6:1-21)


Jesus instrui sobre a prática correta da oração, do jejum e sobre onde investir nossos tesouros. Ele enfatiza a importância de uma devoção sincera, motivada pelo amor a Deus e não pela aprovação dos homens.


Pergunta para Reflexão:

 Como podemos cultivar uma vida de oração, jejum e generosidade que busca agradar a Deus em vez de buscar reconhecimento humano?


6. Não se Preocupar, Buscar Primeiro o Reino (Mateus 6:25-34)


Jesus conforta Seus seguidores, incentivando-os a não se preocuparem com as necessidades materiais. Ele destaca a prioridade de buscar primeiro o Reino de Deus.


Pergunta para Reflexão:

 Como podemos aplicar o princípio de buscar primeiro o Reino de Deus em meio às demandas diárias?


7. Julgar e Ser Julgado (Mateus 7:1-6)


Jesus adverte contra o julgamento precipitado e hipócrita, chamando os discípulos para uma abordagem justa e amorosa nas relações interpessoais.


Pergunta para Reflexão: 

Como podemos exercer discernimento sem cair em julgamento condenatório, mantendo um coração de amor e misericórdia?


O Fundamento Sólido (Mateus 7:24-27)


Jesus conclui o Sermão da Montanha com a parábola das casas construídas na rocha e na areia. Ele destaca a importância de não apenas ouvir Suas palavras, mas também praticá-las para construir uma fundação sólida.


Pergunta para Reflexão:

 Como podemos aplicar os ensinamentos do Sermão da Montanha em nossas vidas, construindo uma fundação sólida para nossa fé?

Ao explorar e aplicar as verdades profundas contidas no Sermão da Montanha, somos desafiados a viver uma fé autêntica que transforma não apenas nossas ações externas, mas também nossos corações internos, refletindo assim o caráter de Cristo no mundo.

 

Um pouco mais do sermão da montanha:


Vamos orar?


Senhor, quero aprender cada dia mais a viver segundo os seus ensinamentos, quero ser sal da Terra e luz do mundo, sei que o Seu Espírito Santo é quem nos capacita, coloco a minha vida em Tuas mãos, faça a Sua obra completa em minha vida em nome de Jesus. Amém


Gostou da mensagem? Comente e compartilhe!

Faça parte desta corrente do bem!




Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page